Miro? Que Miro?

Puxa, ainda bem que não é “Mário”. Bom, nesse feriado andei testando alguns aplicativos para ver vídeos em média e alta definição. Um tal de MIRO [22.3mb] me chamou atenção. Além de ser gratuito, tem uma interface bastante amigável (quase um explorer) e uma poderosa busca (que funciona, diga-se de passagem). 

O serviço é uma espécie de media player que permite pesquisar e baixar vídeos do YouTube, etc. e ver mais de mil canais de TV. Depois de realizar o download do vídeo é possível fazer duas coisas: assistir e deixar que ele expire em 5 dias (o que evita, principalmente para aqueles esquecidinhos, que o HD lote) ou mesmo guardar os vídeos que nos interessam (para isso clicamos em keep this video) e pronto, o conteúdo fica salvo para sempre. O aplicativo Miro permite subscrever feeds e até mesmo descarregar torrents além de ter um sistema para criação de canais individuais de TV através do uso de playlists. Bem bacana esse Miro!

 

Andréia Mallmann

 

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em internet, Uncategorized

2 Respostas para “Miro? Que Miro?

  1. Ricardo

    Esse Miro já atendeu pelo nome de Democracy e sempre foi muito bom. Mas para quem tem um PC “half core e uma banda estreita” o sofrimento é grande. Sem contar que os planos de banda larga prevêem franquia de downloads, o que limita muito o uso. Pelo menos era assim quando eu baixei. E quanto ao Joost, alguma novidade?
    Programas como esse dão uma idéia da frustração gerada pelo modelo da TVD brasileira.
    Agora, Andréia, quem é esse Mário? 🙂

  2. andreiamallmann

    Olá Ricardo. Sim, ele se chamava Democracy, mas mudou de nome para evitar confusão. Muita gente achava que se tratava de um projeto do governo norte-americano ou ferramenta para distribuição de vídeos políticos. O que mudou foi só o nome, pois o programa continua sendo software livre e gratuito, disponível em versões para Windows, Linux e Mac. O antigo Democracy, atual Miro, foi desenvolvido pela Participatory Culture Foundation.
    Na verdade o Miro concorre com o Joost. Tenho os dois instalados na minha máquina e confesso que acho o Joost muito mais pesado e confuso em sua navegação (apesar de ser mais “bonitinho”).
    Abraço
    Andréia Mallmann

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s